Bom, hoje é dia 31/12/16… Saí do Brasil dia 29/07/16…
Na verdade queria contar para vocês que a 15 anos atrás, nesta mesma data (29/07) saí de casa, peguei minhas trouxas e parti de Belo Horizonte-MG para São Paulo-SP. A princípio morando com meu pai, mas em 1 ano eu já tinha me arranjado em um apê e muita coisa aconteceu depois disso. Agora estou na Irlanda realizando um grande sonho: Morar fora do Brasil, conhecer o mundo, abrir minha mente em uma experiência única me expondo a situações imprevisíveis. Afinal vida está aí para ser vivida, e o objetivo é buscar meios de se superar, de aprender novas línguas, novos modos de se comportar e crescer, desenvolver. Este é o clima que vivo desde que me planejei para morar aqui…

Agora que é véspera de Ano Novo, percebo que este, é similar ao clima que 99% da nação mundial vive. O mesmo que ao longo destes 33 anos de vida, eu vivo a cada virada de ano desde que eu tenho consciência do meu lugar no mundo.

Então convido a vocês, assim como a mim mesma a um Novo Ano com ações que estabeleçam metas a realizar… Com isso, compartilho aqui um texto do Carlos Drummond de Andrade, que é para mexer com a cabeça e com o coração, para virar e revirar sentimentos, pensamentos e atitudes.


RECEITA DE ANO NOVO
por Carlos Drummond de Andrade

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanhe ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

Assim finalizamos 2016, agradecendo a parceria de todos vocês e os convidando para continuar acompanhando nosso Blog, bem como nosso Canal no Youtube.

Um 2017 de conquistas, realizações e claro, MUITAS viagens para todos nós!!

Te vejo pela Estrada.

Abraços,

Clarissa Aleixo

Anúncios